domingo, 25 de outubro de 2009

Por quê?


Quando você volta e seu olhar
Me diz que não quer mais
Tudo que sonhamos
Tanto faz
Se desfez

Abraços, beijos e carícias
Tanto amor
Pura ilusão
Tanta dor
Não dá mais

Queria poder entender
Porque é tão fácil assim
Gostar de alguém
Sem nem imaginar um fim
É tudo em vão

Pudera te esquecer assim
Tão fácil sem me esconder
Apagar-te da minha mente
Sem sofrer
Meu coração

Por quê
É sempre de uma vez, tudo igual
Meu grande erro
O de te amar demais
Voltar atrás

Longe de você
Me fez lembrar de nós
Gostava quando ouvia
O som da sua voz
Meu amor

Espero que me traga
Aquela outra que era você
Nossa realidade
Nosso viver
Dê-me uma chance

Nós dois juntos, nossas declarações
Espaço sem tempo
Inseparáveis almas, nossos momentos
Nossa paixão


MAICO F. COSTA

Motivo: poesia adaptada de composição musical, a qual, contruibui com a letra e meu caro amigo Danilo contribuiu com a melodia e cifras.

Nenhum comentário: