segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Estes Momentos


21/22/09/2008 - Domingo/Segunda-Feira - 23:00

"A perfeição se encontra em momentos"
Possível é, me jogar, transcorrer-te tempo?
Possível é, atesto, imobilizo, faço-a surgir
A paixão intensa ardente, faz existir

"E que seja eterno enquanto dure"
Incessantemente reluto em abjurar imprudente razão
Inerente a ti, amor porquanto perdure
Por sincero transcende o pulsivo coração

Parece-me doce viciantes lábios de mel
Cortantes, impetuosos olhos brilhantes, norteiam, dizem
Eloqüente sorrisos, produtores vitais, desnorteiam, invadem
Menina mulher, tua pureza configura o céu

Encerra de uma vez arquétipo sedutor
Enfeitice-me suave meiga virtuosa flor
Inesperada loucura, eminente devaneio, conspira romance
Louco amor, és condenado tolo infame

"Um dia de cada vez" agora
Não se deixe estagnado - móvel, insiste
Oportuno resplandecer, define-se única soberana aurora
Sim, o tempo não mais existe


AUTOR: Maico Fernando Costa

Motivo: se encontra em momentos.